Shares

Por Margarida Vieitez

É possível saber se o seu namorado, companheira, amigo, familiar ou colega de trabalho gosta de si? Quantas vezes já fez esta pergunta a si mesmo? E quantas voltas já deu à sua cabeça para encontrar a resposta?

Pode não ser mesmo nada fácil descobrir se gostam ou não de si, especialmente nas situações em que as pessoas lhe dizem que gostam mas as atitude e comportamento delas fazem com que sinta exactamente o contrário.

O que fazer nesta situação? Acreditar naquilo que lhe dizem ou naquilo que sente?

Se está a viver uma situação semelhante, saiba que é possível perceber se gostam ou não gostam de si. Como?

Seguindo estes oito passos e descobrindo se essa pessoa que diz gostar de si:

 

1) o aceita como é, ao invés de estar constantemente a apontar os seus defeitos, fragilidades e imperfeições, a criticá-lo, a tentar “virá-lo de pernas para o ar” e a transformá-lo no seu “clone”.

 

2) se interessa genuinamente pelo seu bem-estar e por aquilo que acontece na sua vida, se se mostra disponível quando lhe pede ajuda e entusiasmado quando partilha o seu êxito com ela.

 

3) o valoriza, reconhece e elogia frequentemente, pois as pessoas que gostam verdadeiramente de si terão essa mesma capacidade de descobrir as suas qualidades, valor e mérito.

 

4) o admira e se sente grato e privilegiado por a ter escolhido para ter na sua vida, pois não é possível gostar de alguém se não admirarmos essa pessoa.

 

5) o estimula, o motiva e desafia a ser “a sua melhor versão” , a crescer, a evoluir e contribui para o seu desenvolvimento pessoal.

 

6) está atenta às suas necessidades, quaisquer que sejam, cuida, e tenta conhecer aquilo que é importante para si.

 

7) o respeita no verdadeiro sentido da palavra. Respeita a sua forma de pensar, os seus princípios, valores, convicções, escolhas, decisões.

 

8) lhe transmite “boa energia”, positivismo, esperança, equilíbrio, tranquilidade e bem-estar.

Este é um dos sinais mais importantes a que deve estar atento: se essa pessoa o faz sentir bem e feliz! Se o seu bem-estar  e felicidade “existem” na vida dessa pessoa, então provavelmente ela gosta mesmo de si!

 

Todos merecemos ter relações com pessoas que gostem de nós!

 

Para ter uma relação, qualquer que ela seja, não tem de deixar de “Ser” e aceitar o que lhe dão. Muito menos se forem “migalhas”. Não escolha ter relações amorosas, de amizade, familiares ou de trabalho… “Empobrecidas”.

Escolha ter na sua vida, pessoas que gostem VERDADEIRAMENTE de SI e com as quais possa ter relações verdadeiras e enriquecedoras!

 

E, depois de dar os oito passos…  acredite mais no que sente no que naquilo que lhe dizem!

 

Sobre a autora: Margarida Vieitez é mediadora familiar/ terapeuta de casal. É autora de vários livros, entre os quais, “O Melhor da Vida começa aos 40”; “SOS Manipuladores” e “Pessoas que nos fazem felizes”.

 

Saiba mais em: www.esferadoslivros.pt/autores.php?id=149

capa livro Pessoas que nos fazem felizes, de Margarida Vieitez

 

 

Se gostou de ler este artigo, aprenda também a libertar-se do passado; leia mais sobre a Índia e descubra como obter o que tanto deseja.

Shares

Pin It on Pinterest