Shares

Saúde do nosso cabelo – os 7 pecados capilares

O cabelo é muitas vezes o espelho visível do que se passa no nosso corpo. Manter um cabelo brilhante e sedoso não é manter as aparências. É uma questão de saúde. A Dra Fátima Garcês, médica tricologista da Clínica Saúde Viável, partilha por isso sete pecados capilares a evitar no dia-a-dia!

 

1. Desvalorizar a queda de cabelo
A alopécia (queda de cabelo) é um factor de grande preocupação para homens e mulheres. A falta de cabelo passa de uma condição estética a um problema de saúde sempre que, entre outras razões, afeta a auto-estima e o bem-estar. Só para ficar com um exemplo da gravidade: Um dos vários estudos realizados sobre o assunto (Hairline International) concluiu que 60% das mulheres com queda de cabelo já tinham considerado o suicídio. Convém por isso estar a par das soluções: hoje em dia, muitas mulheres e homens com alopécia têm indicação para microtransplante capilar, um tratamento que é hoje muito simples e que tem oferecido excelentes resultados em muito pouco tempo.

Saúde do nosso cabelo - Desvalorizar a queda de cabelo

Saúde do nosso cabelo – Desvalorizar a queda de cabelo

 

2. Descurar a alimentação
Ter um cabelo forte e brilhante também pode depender do seu comportamento à mesa. Alimentos ricos em ómega 3 (como o salmão) vão ajudar no correto crescimento capilar e no fortalecimento do couro cabeludo. A biotina (presente nos ovos e nas lentilhas) ajuda o cabelo a crescer mais forte e saudável, evitando assim a sua queda. E os carotenos da cenoura são nutrientes úteis na prevenção da caspa e da queda de cabelo. E o consumo de água é fundamental para hidratar o cabelo a nível da sua estrutura interna. Entre outros.

 

3. Fumar e beber álcool
Estudos revelam que fumar 20 ou mais cigarros por dia eleva as probabilidades de calvície, especialmente se há histórico de perda de cabelo na família. E a excessiva ingestão de álcool reduz a absorção intestinal de zinco, vitaminas do complexo B, Vitamina C e ácido fólico, afetando o bom desenvolvimento capilar e consequentemente contribui para a calvície.

Saúde do nosso cabelo - Fumar e beber álcool

Saúde do nosso cabelo – Fumar e beber álcool

 

4. Não passar o cabelo por água antes de entrar na piscina
Leu bem: Antes de entrar na piscina. É recomendado passar o corpo (e o cabelo) por água antes de entrar na piscina. Além das questões de higiene, este banho vai ajudar a que o cabelo absorva depois menos água da piscina, ficando menos susceptível à ação das suas substâncias pouco simpáticas. O cloro é apenas uma delas. Quanto ao passar o cabelo após sair da piscina, é obrigatório. O cloro que é usado como um potente desinfetante na água, tem impacto negativo sobre a queratina do cabelo, enfraquecendo-o.

Saúde do nosso cabelo - Não passar o cabelo por água antes de entrar na piscina.

Saúde do nosso cabelo – Não passar o cabelo por água antes de entrar na piscina.

 

5. Não usar chapéu ao sol
A luz solar altera a estrutura do cabelo, tornando-o mais sensível, mais seco, mais espigado, mais quebradiço, sendo o chapéu útil para proteger do excesso dos raios UV, e sendo aconselhável o uso de produtos hidratantes para os fios aquando da exposição.

No entanto é recomendável uma exposição solar suficiente, cerca de 15 minutos por dia idealmente entre as 09h00 e as 11h00, para promover síntese cutânea de Vitamina D sem risco para o desenvolvimento do cancro da pele, síntese esta necessária para a saúde dos cabelos, pele, e do sistema musculoesquelético entre outros.

 

6. Usar elásticos todos os dias
Ou são elásticos de silicone ou revestidos de tecido, ou são elásticos que vão danificar o cabelo, tornando-o mais suscetível à queda, pelo puxa-estica que promovem. Já ouviu falar de queda de cabelo por tração? Cuidado com o uso excessivo e desaquado de elástico ou escova.

Saúde do nosso cabelo - Usar elásticos todos os dias

Saúde do nosso cabelo – Usar elásticos todos os dias

 

7. Aplicar champô e amaciador à pressa
Não necessita de tomar um banho de imersão. Basta que o duche comece pelo cabelo. O seu cabelo requer produtos específicos e adequados, mas o tempo de atuação também conta. Por exemplo, o champô é apenas para lavagem ou remoção de sujidade, e o amaciador, útil para cabelos ressequidos, deve atuar pelo menos 3 minutos.

Saúde do nosso cabelo - Aplicar champô e amaciador à pressa

Saúde do nosso cabelo – Aplicar champô e amaciador à pressa

Saiba mais em www.saudeviavel.pt
Clínica Saúde Viável, Lisboa e Porto

 

Se gostou de descobrir estes conselhos para a saúde do seu cabelo, descubra também qual é a maquilhagem  e os acessórios certos para si. Saiba também quais são os alimentos que ajudam a dormir melhor.

Shares

Pin It on Pinterest