Porque é que nunca fui mãe!

 

Olá! Hoje regresso com mais um vídeo da rubrica “Pergunte que eu respondo”, no meu canal “Casa da Teresa”. É verdade, vou voltar a responder a uma das vossas questões com a maior sinceridade! E a pergunta de hoje é… “Porque é que nunca foi mãe? Foi uma opção?”.

Desde cedo que a maior parte das raparigas sonha casar e constituir família, verdade? No entanto, eu nunca tive essa pretensão! Nunca idealizei ter filhos, não por nenhuma razão em particular. Simplesmente nunca fez parte das minhas prioridades.

Se já me questionei sobre esta questão? Claro que sim! Quem não?! Já perguntei a mim própria porque é que nunca quis ter, mas a verdade é que nunca fez parte de mim. Sendo sincera, nunca pus isso em causa! Trata-se de uma opção de vida, não é? Sempre adorei os filhos das minhas amigas, claro, mas para mim ser mãe nunca foi um objetivo.

Se calhar, hoje, até gostava de ser avó… mas na altura não me via a ser mãe e, ainda hoje, penso dessa forma. Talvez não seja essa a minha vocação. Contudo, eu valorizo muito todas as mães que conheço! Até porque considero realmente que é preciso uma grande entrega e até mesmo vocação para o ser! Não é qualquer mulher que sabe ser boa mãe. É um dos maiores trabalhos da vida! E há que saber dar valor às mulheres que o são e que o fazem tão bem!

Sei perfeitamente que o amor de mãe é único e que “mãe só há uma”. E eu respeito muito todas as mães… especialmente a minha! Por isso, partilho aqui consigo, no meu novo vídeo, alguns dos momentos especiais que passo com a minha querida mãe. Quer ver? É aqui mesmo! Aproveite também para dar uma espreitadela aos meus vídeos anteriores, onde falo sobre a minha profissão, sobre a minha vida e outras 1001 coisas! Curioso?! Então veja aqui:

E já agora veja também...