8 dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato

1- Antecipação e planeamento
Em Dezembro, as nossas férias de verão já estão marcadas. Assim, garantimos que temos escolha e podemos negociar o valor. Chegando o Verão até custa menos porque o valor do alojamento está pago. Para quem quer fazer uma viagem que envolva voos, quanto mais cedo, mais barato. Planear com tempo permite até alterar os dias de férias se isso permitir uma poupança significativa. Duas semanas antes de irmos de férias já fizemos as compras on-line no supermercado, com entrega no destino de férias. Preços analisados, poupanças aproveitadas, e a garantia de que uma encomenda grande vai dar direito a algumas prendas. E lembrem-se que carros menos pesados gastam menos combustível.

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato - Antecipação e planeamento

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato – Antecipação e planeamento

 

2 – Estabeleça um orçamento
Feitas as contas percebem que, depois do alojamento pago, podem gastar, por exemplo, 400 euros. Deixe exatamente esse valor na conta e não gaste, mesmo, um euro além disso. Não há, não se gasta. Dívidas para fazer férias são garantia de dor de cabeça para pagar o descanso.

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato - Estabeleça um orçamento

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato – Estabeleça um orçamento

 

3 – Peça emprestado, não tenha vergonha
Há um amigo com uma casa no Algarve sem ninguém em Agosto, uma prima com uma quinta no meio do nada, mas que nunca lá vai, um amigo com uma autocaravana, um familiar que nunca mais viu, mas tem um apartamento sei lá onde. O segredo está, além de perder a vergonha, no ponto 1, que lhe permite adaptar a disponibilidade dos outros às suas necessidades. Única regra: devolva tudo ainda melhor do que recebeu, para poder usar novamente no ano seguinte.

4 – Partilhe custos
Fazer férias em conjunto é uma solução de poupança e uma garantia de animação. Se a animação em excesso não o convence, para quem tem filhos, pense que é também uma forma de entreajuda e garantia de alguns minutos de silêncio ou mergulhos de mar, sem qualquer preocupação, enquanto um dos tios-de-férias toma conta dos seus filhos. Quem não tem filhos, amigo não empata amigo, e não tem que estar sempre no meio da confusão. Partilhar custos funciona mesmo: alugam uma casa maior, com piscina e com melhor localização e utilizam menos carros, logo menos combustível. Na verdade, todas as contas são partilhadas, como a do supermercado que referi no ponto 1.

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato - Partilhe custos

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato – Partilhe custos

 

5 – Arrumação
Na semana antes de ir de férias vá separando a roupa que quer levar. É menos tempo que perde a fazer duas arrumações. Leve roupa velha que possa deixar no destino. No dia da partida leve os restos do frigorífico. Aproveite para poupar na conta da luz, enquanto estiver fora, e deixe mesmo tudo desligado. Quando chegar ao destino, arrume com calma (as malas e as compras on-line que agendou para serem entregues nesse dia) antes do primeiro mergulho ou do primeiro passeio. Vai saber-lhe bem nos dias seguintes.

6 – Quer desligar das tecnologias, não as leve. Não consegue desligar, estabeleça a hora do wi-fi.
Eu sou realista, não vivo sem internet. Mas também sou realista para assumir que é um motivo de discussão entre mim e os meus filhos. Assim, estabelecemos a ida ao café que tem Wi-Fi, ou já na cama para um bocadinho mais calmo. Telemóveis com dados desligados e aviso que estamos em poupança e o plafond não é ilimitado.

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato - Desligue das tecnologias.

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato – Desligue das tecnologias.

 

7- Refeições em casa
As compras principais estão feitas. E a ida ao mercado local faz parte da rotina das férias. Pequeno-almoço enquanto se prepararam marmitas, almoços demorados enquanto os miúdos dormem a sesta, jantares pela noite dentro com conversa e gargalhadas. Comer em casa sai muito mais barato e pode ser a maior memória das férias. No conceito de férias em família alargada – dica 2, tudo se torna mais fácil porque as responsabilidades são divididas, não é preciso cozinhar todos os dias, cada um mostra os seus dotes e os miúdos ajudam.

8 – E agora? Relaxar!
Custos controlados, casa arrumada, muitas mãos para ajudar. Agora é tempo de fazer aquilo que não faz durante o ano: ter tempo, não ter pressa e descansar.
Boas férias.

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato

Dicas para umas férias económicas e tranquilas, por Catarina Beato

 

Sobre a autora: Catarina Beato é blogger em www.diasdeumaprincesa.pt.

Se gostou de conhecer estas 8 dicas para umas férias económicas e tranquilas , veja também 10 dicas para poupar mais e melhor  e estas grandes ideias para varandas de todos os tamanhos. Descubra porque é que reciclar é que está a dar  e quais são os 10 hábitos saudáveis que deverá adoptar se quiser chegar até aos 100 anos. Confira ainda 8 formas de organizar os seus sapatos e malas.

E já agora veja também...