Caldeirada de peixe – uma receita saudável, económica e deliciosa

 

 

Aqui no meu site há receitas para todos os gostos, como bem sabe! Consulto frequentemente os meus amigos com mais mão para a cozinha e partilho consigo verdadeiras maravilhas! Sei que já lhe dei várias receitas tradicionais portuguesas centradas no peixe, mas hoje trago-lhe uma que considero muito especial: a receita de caldeirada de peixe! Esta receita é um clássico da gastronomia portuguesa e, para além de ser absolutamente deliciosa, é também um prato saudável e económico.

Sabia que historicamente a caldeirada começou por ser uma solução dos pescadores para peixe demasiado pequeno ou pouco apreciado que não conseguiriam vender? É verdade! Reza a lenda que  uma caldeirada, pela sua natureza, deve aproveitar o peixe que estiver disponível – o único requisito é que o peixe seja fresquíssimo! É que, se o peixe for fresco, é impossível que uma caldeirada acabada de fazer não fique deliciosa! Que maravilha!

Para além disto, se, tal como eu, gosta de manter uma alimentação saudável e equilibrada, o peixe é um alimento ideal. É uma fonte de proteína com muito menos calorias, para além de ter múltiplos benefícios: melhora a memória e concentração, previne doenças cardiovasculares e é uma fonte de Ómega 3, ferro e vitamina D.

A caldeirada pode fazer-se toda de uma só vez, mas fica mais deliciosa quando é feita por fases – é essa a versão que lhe trago hoje. Se quiser aprender a fazer este prato delicioso, basta continuar a ler este artigo e depois pôr mãos à obra!

 

Ingredientes:

1kg de peixe variado cortado em pedaços (por exemplo, raia, tamboril, safio, robalo, pescada…)

1 kg de batatas

3 tomates maduros

3 cebolas

3 dentes de alho

1 pimento

Pitada de piripiri (opcional)

Coentros ou salsa

1 colher de sobremesa de pimentão

1 ou 2 folhas de louro

1 chávena de azeite

1 chávena de vinho branco

Sal a gosto

 

 

Modo de preparação:

Comece por cortar as cebolas em rodelas e picar os alhos. Deite, num tacho fundo, o azeite, assim como a cebola. Deixe cozer até ficarem com um aspecto transparente e largarem a água, mas não deixe que cozinhem mais do que isso. Quando estiverem prontas, acrescente o alho e a folha de louro.
Corte o pimento em tiras finas, assim como o tomate, no estilo de corte que mais gostar, e junte-os no tacho. Deixe os tomates cozinharem um pouco, pois têm de perder a acidez, para não interferirem na cozedura das batatas.

Depois, junte as batatas, dispostas em camadas. E logo a seguir acrescente os coentros ou a salsa, o pimentão, o piripiri e tempere a gosto com sal. Tape o tacho e deixe cozinhar lentamente, mas sem deixar que as batatas fiquem prontas.

Agora vem a parte do peixe! Disponha o peixe por cima, também em camadas, e acrescente o vinho e reponha de azeite, se necessário. Nunca se esqueça que não é preciso mexer a caldeirada!

O peixe coze bastante rápido, pelo que deve manter o lume baixo e o tacho tapado, para que consiga apanhar o sabor da caldeirada. Assim que o peixe esteja cozido, sirva de imediato – a caldeira deve comer-se acabada de fazer!

Se gostar, poderá servir a caldeira com fatias de pão, uma vez que o molho que se forma neste prato é bastante saboroso.

Dica: Outra variante pela qual poderá optar é juntar marisco, como camarões ou mexilhões, para obter ainda mais sabores diferentes e deliciosos na sua caldeirada.

E está pronto! Um prato realmente simples e económico, com muitos benefícios para a sua saúde, para que possa deliciar-se com o que a nossa gastronomia tem de melhor!  Veja a imagem demonstrativa deste prato tão típico e tão saboroso:

Caldeirada de peixe – uma receita saudável, económica e deliciosa!

Caldeirada de peixe – uma receita saudável, económica e deliciosa | Foto: blogspot.com

 

 

Gostou de descobrir a receita da caldeira de peixe? Se gosta de cozinhar peixe e quer aprender mais receitas, conheça o fantástico peixe ao sal, a maravilhosa sopa de peixe com legumes ou ainda o saboroso bacalhau com natas.

E já agora veja também...