Shares

O Pai Natal chegou adiantado! Visitou-me nos estúdios da Venda do Pinheiro que até é a árvore certa para esta época. Apesar de saber que por baixo daquela roupa estava o António Raminhos, por segundos senti-me maravilhada como em criança. É esta a Magia do Natal. Tudo o que acreditamos acontece! Tem de ser assim todo o Ano.

As fotos da visita do Pai Natal

Teresa Guilherme e o Pai Natal

Teresa Guilherme - o Pai Natal trouxe-me uma boneca!

A visita do Pai Natal aos estúdios da Venda do Pinheiro - Teresa Guilherme

A visita do Pai Natal aos estúdios da Venda do Pinheiro - Teresa Guilherme

A visita do Pai Natal aos estúdios da Venda do Pinheiro - Teresa Guilherme

psst: viu a surpresa que preparei para a minha mãe este Natal? E veja também estes encontros de Natal, foi emocionante. Mais aqui e aqui.

Sabe a história do Pai Natal? Fui procurar na Wikipedia e reza assim:

O Pai Natal é uma figura lendária que, em muitas culturas ocidentais, traz presentes aos lares de crianças bem-comportadas na noite da Véspera de Natal, o dia 24 de dezembro, ou no Dia de São Nicolau (6 de dezembro). A lenda pode ter se baseado em parte em contos hagiográficos sobre a figura histórica de São Nicolau. Uma história quase idêntica é atribuída no folclore grego e bizantino a Basílio de Cesareia. O Dia de São Basílio, 1 ou 1.º de janeiro, é considerado a época de troca de presentes na Grécia.

O personagem foi inspirado em São Nicolau, arcebispo de Mira na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro.

Enquanto São Nicolau era originalmente retratado com trajes de bispo, atualmente o Pai Natal  é geralmente retratado como um homem rechonchudo, alegre e de barba branca trajando um casaco vermelho com gola e punho de manga brancos, calças vermelhas de bainha branca, e cinto e botas de couro preto. Essa imagem se tornou popular nos EUA e Canadá no século XX devido à influência da Coca-Cola, que na época lançou um comercial do bom velhinho com as vestes vermelhas. Essa imagem tem se mantido e reforçado por meio da/dos mídia (português brasileiro) ou meios (português europeu) publicitária(os), como músicas, filmes e propagandas.

Conforme a lenda, o Pai Natal mora no Extremo Norte, numa terra de neve eterna. Na versão americana, ele mora em sua casa no Polo Norte, enquanto na versão britânica frequentemente se diz que ele reside nas montanhas de Korvatunturi na Lapônia, Finlândia. O Pai Natal vive com sua esposa Mãe Natal, incontáveis elfos mágicos e oito ou nove renas voadoras. Outra lenda popular diz que ele faz uma lista de crianças ao redor do mundo, classificando-as de acordo com seu comportamento, e que entrega presentes, como brinquedos ou doces, a todos os garotos e garotas bem-comportados no mundo, e às vezes carvão às crianças mal comportadas, na noite da véspera de Natal. O Pai Natal  consegue esse feito anual com o auxílio de elfos, que fazem os brinquedos na oficina, e das renas que puxam o trenó.

 

Shares

E já agora veja também...

Pin It on Pinterest