Shares

Hoje falo-lhe do meu GPS. Sou péssima a decorar caminhos porque se não sou eu a conduzir, vou a mirar tudo e não vejo as curvas e contracurvas, de cabeça á roda nas rotundas.

Quando vou eu só volante, claro que tento que o GPS oriente, o meu sentido de desorientação! Mas confesso que aquela voz sempre igual, “daqui a 200 metros vire…” me faz tropeçar mais, do que chegar.

O melhor é ligar para um amigo, daqueles que têm uma memória que anda pelos caminhos de Portugal e deixar-me guiar, enquanto guio, por uma voz amiga.

Eu sou do género ” Não sei de onde venho, não sei para onde vou, mas sei que não vou por aí!

Shares

E já agora veja também...

Pin It on Pinterest